terça-feira, janeiro 23, 2007

Sem ilusões na imprensa burguesa

Marx nunca vacilou na denúncia da ditadura burguesa. Para ele, o jornal deveria ser uma arma de combate à opressão e à exploração e não um veículo neutro. “A função da imprensa é ser o cão-de-guarda, o denunciador incansável dos opressores, o olho onipresente e a boca onipresente do espírito do povo que guarda com ciúme sua liberdade”. Em outro texto, afirma: O dever da imprensa é tomar a palavra em favor dos oprimidos a sua volta. O primeiro dever da imprensa é minar todas as bases do sistema político existente. Por estas idéias libertárias, ele foi processado e perseguido.

http://www.novae.inf.br/site/modules.php?name=Conteudo&pid=496

2 comentários:

Glauco disse...

A imprensa brasileira eh foda!
ainda bem que temos algumas alternativas na internet!
bjos

Paulo Vilmar disse...

Realmente super atuais as palavras do velho...