terça-feira, janeiro 27, 2009

O que serei?


Às vezes penso sobre meu futuro. Quais meus sonhos, minhas expectativas em relação ao que está por vir. Este tipo de pensamento me atormenta todos dias, por que realmente eu não sei o que quero para o futuro.


Dia- a- dia vou vivendo o agora. Sem planos sem expectativas. Onde irei trabalhar, no que irei trabalhar, para onde irei? Estou confusa. Tenho pavor em pensar em ter uma vida classe média: casa-mercado-escola dos filhos-empregada. Eu quero viver livre. Isto talvez seja uma utopia e daqui 20 anos estarei eu na minha vida classe média.

Um comentário:

Tempestade Interior disse...

Também me pergunto a mesma coisa. Tmb não quero ter essa vida classe média..presa.
É tão complicado sentir-se confusa e perdida...as pessoas não nos entendem. já prestei vestiba na ufsm pra 3 cursos diferentes. E as pessoas ficam cobrando que eu cresça. Não entendem o sofrimento q é não saber o que se quer pro futuro...

Mas um dia, Carol, encontraremos nosso rumo e seguiremos felizes e plenamente realizadas...tudo no seu tempo..

Abraço